• Vandinho

Acréscimos salariais vão proporcionar a servidores ganhos acumulados de até 24,4%, estima Governo


Depois de receber o pagamento do reajuste linear de 4% na folha do último mês de janeiro, servidores do Estado terão um novo ganho na folha de março, cujo pagamento ocorre nos dias 30 (para ativos) e 31 (para inativos), conforme tabela de pagamento anual publicada no dia 16 de fevereiro, no Diário Oficial do Estado (DOE).


De acordo com Secretaria da Administração do Estado da Bahia (Saeb), somados, o reajuste e os acréscimos terão um impacto de R$ 1,9 bilhão na folha de pagamento do Estado em 2022, proporcionando ganhos acumulados de até 24,4% para o funcionalismo público.


Conforme a Saeb, o Governo do Estado irá acrescentar ao vencimento básico de aposentados e pensionistas R$ 200 ou R$ 300. Os valores, segundo a secretaria, possuem efeito cascata que impacta diretamente em ganhos nas remunerações dos servidores, à medida que o vencimento básico é usado como referência na geração de gratificações (Regência, CET, Avanço Horizontal, adicionais de insalubridade/periculosidade, etc.), anuênios e outras vantagens.

Ainda de acordo com a Saeb, a medida contempla um total de 156 mil servidores. O acréscimo de R$ 300 ao vencimento básico – com ganhos maiores à remuneração – beneficiará 121.955 servidores que integram carreiras das áreas de Educação, Saúde e Segurança Pública, incluindo policiais civis e militares, agentes penitenciários, profissionais da Saúde e professores dos mais diversos níveis da Educação, além de aposentados e pensionistas com benefícios vinculados a essas carreiras. Neste grupo, os ganhos salariais – somando o reajuste de 4% ao incremento fixo – podem chegar a 22,16%.

11 visualizações0 comentário