• Vandinho

Advogado de vítima de Robinho vai pedir reabertura de caso contra quatro amigos


Jacopo Gnocchi, advogado da vítima do caso Robinho, jogador condenado por estupro, vai pedir a reabertura do inquérito que apura a participação de quatro amigos do atleta no crime. As informações são do Uol Esporte.


O episódio ocorreu em 2013, quando uma jovem albanesa sofreu violência sexual de grupo em uma boate de Milão (ITA). O quarteto não foi julgado, pois já havia deixado a Itália na época das investigações, e não foram encontrados pela Justiça.


Sendo assim, apenas o processo contra Robinho e Ricardo Falco, outro amigo, foi julgado, culminando na condenação de ambos a 9 anos de prisão (lembre aqui). O outro caso está suspenso até o momento.


“Vamos solicitar às autoridades italianas que os encontrem e notifiquem e esperamos, assim, prosseguir com o processo. Eles têm a presunção da inocência assegurada, será a Justiça a determinar se esses senhores, que estavam juntos com os dois condenados em via definitiva, são culpados ou não”, disse o advogado.


4 visualizações0 comentário