• Vandinho

Agentes da PRF envolvidos na morte de homem em viatura são afastados


Um dia após a morte de Genivaldo de Jesus Santos, de 38 anos, na BR-101, em Umbaúba (SE), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) determinou o afastamento dos policiais envolvidos. A notícia da ação policial e a morte do homem vem obtendo repercussão internacional.


A vítima foi colocada dentro de uma espécie de “câmara de gás” improvisada no porta-malas de uma viatura e a ação foi registrada em vídeos por populares que presenciaram o fato. A alegação dos policiais que participaram da desastrosa ação é de que houve “desobediência” e resistência à prisão.


O homem foi jogado na parte de trás da viatura; atiraram bomba de spray de pimenta e bomba de gás lacrimogêneo nele e o deixaram trancado se debatendo e tentando respirar, para levarem sem vida para uma unidade hospitalar da região.


Clenilson José dos Santos, Paulo Rodolpho Lima Nascimento, Adeilton dos Santos Nunes, William de Barros Noia e Kleber Nascimento Freitas são os nomes dos policiais envolvidos no caso. Procurada, a PF afirmou que abriu inquérito para investigar o caso. Os policiais rodoviários foram afastados temporariamente.


Nota da PRF:


Na data de hoje, 25 de maio de 2022, durante ação policial na BR-101, em Umbaúba-SE um homem de 38 anos, resistiu ativamente a uma abordagem de uma equipe PRF. Em razão da sua agressividade, foram empregados técnicas de imobilização e instrumentos de menor potencial ofensivo para sua contenção e o indivíduo foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil em Umbaúba..


Durante o deslocamento, o abordado veio a passar mal e socorrido de imediato ao Hospital José Nailson Moura, onde posteriormente foi atendido e constatado o óbito.


A equipe registrou a ocorrência na Polícia Judiciária, que irá apurar o caso. A Polícia Rodoviária Federal em Sergipe lamenta o ocorrido e informa que foi aberto procedimento disciplinar para averiguar a conduta dos policiais envolvidos.


8 visualizações0 comentário