• Vandinho

Anonymous anuncia vazamento de dados do Ministério de Comunicações da Rússia


Como parte das operações contra a invasão russa na Ucrânia, o grupo de hackers Anonymous publicou, nesta sexta-feira (11), um banco de dados com 363 mil arquivos da Roskomnadzor, agência russa responsável pela regulação da mídia no país e considerada uma das principais armas de comunicação do presidente Vladimir Putin.


“Anonymous violou e vazou com sucesso o banco de dados da Roskomnadzor, a agência executiva federal russa responsável pelo monitoramento, controle e censura russa da mídia de massa, liberando ao público mais de 360 mil arquivos”, escreveu o grupo no Twitter.


Desde o início da guerra na Ucrânia o grupo declarou guerra cibernética contra o governo russo.


Ao todo foram 526GB de arquivos vazados, divididos em dois blocos, em um total de 43,5 mil diretórios com informações pertencentes a atos do ministério, informações do setor de recursos humanos e pesquisas relacionadas à mídia e tecnologias de comunicação usadas na Rússia.


Entre os dados há a possibilidade de que tenham também dados pessoais de servidores e integrantes do governo.


Como o vazamento é recente, fontes especializadas ainda não foram capazes de estimar exatamente o que está presente no banco de dados e, principalmente, as revelações que ele pode conter.


Informações preliminares, entretanto, indicam que o volume é recente, contendo documentos que datam até o último final de semana, e também inclui muitos arquivos relacionados a anexos de e-mail, que podem indicar o envolvimento em campanhas de phishing ou disseminação de malwares. Por isso mesmo, a recomendação é de cuidado no download e manipulação dos documentos.


Entre ações da agência estão a limitação do acesso ao Instagram na Rússia e os bloqueios totais do Facebook e Twitter no país. (bahia.ba)


3 visualizações0 comentário