• Vandinho

Após prisão do ex-ministro Milton Ribeiro, PF cumpre mandados de busca e apreensão no MEC


A Polícia Federal cumpriu nesta quarta-feira (22) quatro mandados de busca e apreensão no prédio do Ministério da Educação (MEC), em Brasília.


A ação foi feita no âmbito da Operação Acesso Pago, que apura tráfico de influência e corrupção para a liberação de dinheiro público do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), vinculado ao MEC.


O ex-ministro Milton Ribeiro foi preso na operação, em Santos (SP) e transferido para a Superintendência da Polícia Federal em Brasília, onde está prevista uma audiência de custódia na quinta-feira (23), às 14h. Até as 11h, policiais federais ainda cumpriam mandados no ministério. Em nota, o MEC afirmou que recebeu a PF e que “continua colaborando com todas as instâncias de investigação que envolvem a gestão anterior da pasta”.


“No sentido de esclarecer todas as questões, o MEC reforça que continua contribuindo com os órgãos de controle para que os fatos sejam esclarecidos com a maior brevidade possível. O MEC ressalta, ainda, que o Governo Federal não compactua com qualquer ato irregular e que continuará a colaborar com as investigações”, pontuou.



10 visualizações0 comentário