• Vandinho

Após renúncia, diretor de exploração e produção assume interinamente a presidência da Petrobras


Fernando Borges, presidente interino da Petrobras (Foto: Reprodução)

A Petrobras anunciou, nesta segunda-feira (20), Fernando Borges como presidente interino da estatal. Ele será o substituto de José Mauro Ferreira Coelho, que pediu demissão do cargo.


Borges é diretor-executivo de Exploração e Produção da estatal e foi nomeado pelo Conselho de Administração “em decorrência da vacância na Presidência da companhia”, segundo informou a empresa. Fernando Borges, que é funcionário de carreira, ficará no posto até a eleição e a posse de novo presidente da estatal.


José Mauro Coelho havia tomado posse em 14 de abril deste ano, substituindo o general Joaquim Silva e Luna, demitido pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), no fim de março. À época, argumentou que a redução da dívida bruta da estatal, em pouco menos de R$ 60 bilhões, abria espaço para investimentos e que havia a intenção de reduzir os custos de extração de petróleo, com o objetivo de aumentar a produtividade. Em live postada nas redes sociais, Bolsonaro chamou o lucro da Petrobrás de “estupro”.



4 visualizações0 comentário