• Vandinho

Auditores da Receita classificam fala de Onyx como inverossímil e irresponsável


Em meio a crise causada pela promessa de aumento somente às carreiras de segurança, cerca de 450 auditores fiscais que presidem procedimentos fiscais da Receita Federal assinaram um manifesto em que repudiam as declarações do ministro Onyx Lorenzoni (Trabalho e Previdência).


O ministro disse na sexta(21) em entrevista à Jovem Pan que somente os policiais estão expostos a "situação de altíssimo risco e exposição da própria vida" e que "isso não acontece com o trabalho dos auditores fiscais". Para os auditores, a fala de Lorenzoni é "inverossímil e irresponsável".


Como argumento eles citam a atuação do Fisco em ações de combate ao tráfico de drogas e descaminho e afirmam que na fiscalização aduaneira e tributária federal são utilizados "com frequência mecanismos que usualmente encontram paralelo apenas na atividade policial".


No manifesto, os auditores citam números de apreensões de drogas nos anos de 2020 e 2021. Segundo eles, foram 108 toneladas, 80 de cocaína e 27 de maconha, apreendidas nos dois anos.

Auditores da Receita já entregaram cargos de chefia no órgão e, além de reajuste, pedem a regulamentação do chamado bônus por eficiência.

3 visualizações0 comentário