• Vandinho

Bilionário russo Roman Abramovich transfere comando do Chelsea


O bilionário russo Roman Abramovich anunciou neste sábado (26) que vai entregar o controle do Chelsea para os curadores da fundação de caridade do clube. A decisão dele ocorre em meio à pressão da opinião pública dos britânicos por sua ligação com o presidente russo Vladimir Putin.


Abramovich toma essa decisão apenas dois dias após o início do ataque do exército russo à Ucrânia, conflito criticado por quase toda a comunidade internacional. "Sempre tomei decisões com os melhores interesses do clube em mente", justificou o proprietário do Chelsea.


No breve comunicado em que fez o anúncio, porém, o bilionário não citou o conflito. Na quinta-feira (24), o governo britânico já havia comunicado sanções contra empresários russos devido ao conflito na Ucrânia.


Sobre os curadores da fundação do Chelsea, Abramovich disse que "eles estão na melhor posição para cuidar dos interesses do clube, jogadores, funcionários e torcedores".


O empresário assumiu o controle do clube de Londres em 2003 e, de acordo com a impressão inglesa, ele já investiu mais de 2 bilhões de libras (R$ 13 bilhões) em quase 20 anos.


No período, a equipe ganhou duas vezes a Champions League, além de ser a atual campeã do Mundial de Clubes da Fifa, entre outras conquistas importantes.


A fortuna do russo é estimada em 8,4 bilhões de libras (R$ 58 bilhões).


Veja a íntegra do comunicado publicado no site do Chelsea Durante meus quase 20 anos de posse do Chelsea FC, sempre considerei meu papel como guardião do clube, cujo trabalho é garantir que sejamos tão bem-sucedidos quanto podemos ser hoje, bem como construir para o futuro, ao mesmo tempo desempenhando um papel positivo em nossas comunidades.


Sempre tomei decisões com o melhor interesse do clube no coração. Continuo comprometido com esses valores. É por isso que hoje estou dando aos curadores da Fundação de caridade do Chelsea a administração e os cuidados do Chelsea FC. Acredito que atualmente eles estão na melhor posição para cuidar dos interesses do Clube, jogadores, funcionários e torcedores. G1.

9 visualizações0 comentário