• Vandinho

Bolsonaro diz que decisão de Moraes de bloquear Telegram é 'inadmissível'


O presidente Jair Bolsonaro (PL) classificou de "inadmissível" a decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, de suspender o aplicativo Telegram no Brasil.


"Aqui em Rio Branco tive uma notícia no mínimo triste. A decisão de um ministro de simplesmente banir do Brasil o aplicativo Telegram", disse Bolsonaro em um encontro de pastores em Rio Branco, no Acre, na noite desta sexta-feira (18).


"É inadmissível uma decisão dessa natureza. Porque não conseguiu atingir duas ou três pessoas que na cabeça dele deveriam ser banidos do Telegram, ele atinge 70 milhões de pessoas", declarou. Ele afirmou que a medida pode "causar óbitos por falta de um contato paciente-médico". A transmissão foi feita nas redes sociais de Bolsonaro. Forto/Fonte:G1.


8 visualizações0 comentário