• Vandinho

Cirurgias eletivas podem ser suspensas devido ao baixo estoque de sangue na Bahia


A Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba) teve um aumento em 25% nas solicitações de hemocomponentes, mas não possui sangue o suficiente em seus estoques.


As tipagens O negativo e positivo, A e B negativos estão em estado crítico e demais tipagens. A Hemoba convoca doadores entre 16 a 69 anos, com mais de 50kg e boa saúde para conseguir cumprir a demanda de cirurgias.


Devido à pandemia de Covid-19, vários procedimentos eletivos programados para o ano passado tiveram que ser adiados para 2022. Mas, a baixa no estoque de sangue pode fazer essas cirurgias serem adiadas mais uma vez.


Segundo a Fundação Hemoba, responsável pela política de sangue na Bahia, a demanda por sangue é crescente, principalmente nos hospitais de emergência do estado. “Frente a um estoque crítico, são priorizadas as situações de urgência e emergência. O que pode trazer interrupção de fluxo na realização de cirurgias eletivas. Por isso convidamos os voluntários para que venham aos nossos postos de coleta”, pontua Luiz Catto, diretor geral da Hemoba.


Dados da Fundação indicam que, somente na primeira quinzena do mês de maio, houve um aumento de 25% nas solicitações de hemocomponentes pelos principais hospitais de Salvador, em relação ao mês de abril deste ano.


No momento, as unidades da Hemoba em todo o estado apresentam estoque crítico para os grupos O negativo, O positivo, A negativo e B negativo e em alerta para as demais tipagens.



1 visualização0 comentário